Por um lado, a Lei 39/2015, de 1 de outubro, relativa ao procedimento administrativo comum das administrações públicas (LPACAP) reconhece na alínea a) do artigo 13.º o direito das pessoas a comunicarem com as administrações que com elas se relacionam através de um Acesso Geral Eletrónico Ponto (PÁGINA) da Administração.

A PÁGINA, no entanto, não é definida pelo LPACAP, pois busca simplificar e concentrar em um portal centralizado todos os canais de comunicação com o público. Embora o Real Decreto 1671/2009, de execução da Lei 11/2007, contenha uma referência ao Ponto Geral de Acesso, é pregado em relação à Administração Estatal e não às restantes Administrações.

Por outro lado, de acordo com a Lei n.º 40/2015, de 1 de outubro, sobre o regime jurídico do setor público (LRJSP), cada Administração Pública deve criar um gabinete eletrónico para o exercício das suas competências. O próprio LRJSP também determina que um portal de internet deve estar disponível. Nenhum deles é igual a PAGE.

Com efeito, de acordo com o artigo 38.º da LRJSP, o escritório eletrónico é o endereço eletrónico disponibilizado aos cidadãos através das redes de telecomunicações, propriedade de uma administração pública.

E o portal de internet, regulamentado no artigo 39 da LRSJP, como ponto eletrônico que permite o acesso à informação publicada.

Consequentemente, o acesso previsto ao LPACAP e ao LRJSP é um portal –um site– da Administração onde estão listados todos os links para os diferentes escritórios eletrônicos da Administração.

Do ponto de vista prático, e de acordo com o modelo de interoperabilidade catalão, o Consórcio AOC está trabalhando para colocar à disposição do setor público catalão uma PÁGINA que reúna todas as sedes eletrônicas catalãs, que por sua vez estariam conectadas ao ponto de acesso ao estado.

Contexto Jurídico

Lei 39/2015

Artigo 13. Direitos das pessoas em suas relações com as administrações públicas.

“Aqueles que, nos termos do artigo 3.º, tenham capacidade para atuar perante as administrações públicas, são titulares, nas suas relações com elas, dos seguintes direitos:

a) Comunicar-se com as administrações públicas através de um ponto de acesso geral eletrónico da Administração. ”

Lei 40/2015

Artigo 38. A sede eletrônica.

“1. O escritório eletrónico é o endereço eletrónico, disponibilizado aos cidadãos através das redes de telecomunicações, cuja titularidade corresponda a uma Administração Pública, ou a um ou mais organismos públicos ou entidades de direito público no exercício das suas competências.”

Artigo 39. Portal da Internet.

“Portal de Internet significa o ponto de acesso eletrónico cuja titularidade corresponde a uma Administração Pública, organismo público ou entidade de direito público que permite o acesso através da Internet a informação publicada e, se 'adequado, no respetivo escritório eletrónico'.

Soluções relacionadas


Powered by Zendesk