A Lei 39/2015, de 1 de outubro, sobre o procedimento administrativo comum das administrações públicas, estabelece que, independentemente do meio utilizado, as notificações são válidas desde que permitam a prova do seu envio ou disponibilização, da receção ou do acesso pelo interessado da parte ou do seu representante, das suas datas e horas, do conteúdo completo e da identidade fidedigna do remetente e do destinatário. O credenciamento da notificação feita deve ser incluído no arquivo.

Por outro lado, prevê que as notificações por meios eletrónicos devem ser efetuadas comparecendo na sede eletrónica da Administração ou através do único endereço autorizado. Nesse sentido, a plataforma eNOTUM garante o acesso e a prática da notificação como mais um serviço da carteira do cidadão.

O que precisará ser viabilizado na prática é que se o interessado, obrigado ou não a receber notificações eletrônicas, comparecer espontaneamente nos postos de atendimento ao registro, a notificação deverá ser feita naquele momento, se solicitado. o arquivo eletrônico.

No que se refere à data da efetiva prática da notificação no caso dos obrigados a receber notificações eletrônicas, será aquela que constar como data da notificação no eNOTUM. Hoje, esta plataforma não permite a entrega de uma notificação presencialmente, mas esta interpretação é semelhante ao que acontece no caso de envios presenciais de candidaturas por uma pessoa obrigada a processar eletronicamente.

Contexto Jurídico

Lei 39/2015

Artigo 41. Condições gerais para a prática de notificações .

"1. As notificações serão feitas preferencialmente por meio eletrônico e, em qualquer caso, quando o interessado for obrigado a recebê-las por este meio.

No entanto, as administrações podem praticar notificações por meios não eletrónicos nos seguintes casos:

a) Quando a notificação for feita por ocasião do comparecimento espontâneo do interessado ou do seu representante nos gabinetes de assistência em matéria de registo e solicitar a comunicação ou notificação pessoal nesse momento.

b) Quando, para assegurar a eficácia do acto administrativo, seja necessário proceder à notificação por entrega directa de funcionário da Administração notificante.

Independentemente dos meios utilizados, as notificações são válidas desde que permitam a comprovação do envio ou disponibilização, do recebimento ou acesso pelo interessado ou seu representante, de suas datas e horários, do conteúdo completo. identidade confiável do remetente e do destinatário. O credenciamento da notificação feita está incluído no arquivo.

[...] .

Art. 43. Prática de notificações por meio eletrônico.

"1. As notificações por meios eletrónicos devem ser efetuadas comparecendo na sede eletrónica da Administração ou órgão em exercício, através do endereço eletrónico único habilitado ou por ambos os sistemas, conforme facultado por cada Administração ou órgão. .

Para os fins deste artigo, o acesso ao escritório eletrônico significa o acesso do interessado ou de seu representante devidamente identificado ao conteúdo da notificação.”
Soluções relacionadas


Powered by Zendesk