Embora a Lei 39/2015, de 1 de outubro, do Procedimento Administrativo Comum das Administrações Públicas (LPACAP) não o indique expressamente, pode inferir-se da leitura do artigo 27.º que no âmbito do LPACAP faz sentido falar de cópias autenticadas , pois todas as cópias em qualquer formato são cópias autênticas e, portanto, têm a mesma validade e eficácia dos documentos originais, de acordo com o Artigo 27.2.

Em todos os casos de cópias autênticas (independentemente do meio em que sejam produzidas), será garantida tanto a identidade da entidade que a fez como o seu conteúdo.

Contexto Jurídico

Lei 39/2015

Artigo 27

" . fez a cópia e seu conteúdo.

As cópias autênticas têm a mesma validade e eficácia dos documentos originais.

3. Para garantir a identidade e o conteúdo das cópias eletrónicas ou em papel e, portanto, a sua autenticidade, as administrações públicas devem cumprir as disposições do Regime Nacional de Interoperabilidade, o Regime. Segurança Nacional e as suas regras de desenvolvimento técnico, bem como o seguinte as regras:


a) As cópias eletrónicas de documento eletrónico original ou de cópia eletrónica autêntica, com ou sem alteração de formato, devem incluir os metadados que comprovem a sua condição de cópia e que se visualizem na consulta do documento.


b) As cópias eletrónicas de documentos em papel ou outros suportes não eletrónicos suscetíveis de digitalização requerem que o documento tenha sido digitalizado, devendo incluir metadados que comprovem a sua condição de cópia e apresentados na consulta do documento.

Entende-se por digitalização o processo tecnológico que permite converter um documento em papel ou outro meio não eletrônico em um arquivo eletrônico que contém a imagem codificada, precisa e completa do documento.

c) As cópias em papel de documentos eletrônicos exigem que seja incluída a condição de cópia e devem conter um código gerado eletronicamente ou outro sistema de verificação para verificar a autenticidade da cópia acessando os arquivos eletrônicos do órgão ou órgão público emissor.

d) As cópias em papel dos documentos originais emitidos no referido meio devem ser fornecidas por meio de cópia em papel autêntica do documento eletrónico na posse da Administração, ou por meio de manifestação eletrónica contendo cópia da autenticidade do documento original.

Para o efeito, as administrações tornarão públicos, através do escritório eletrónico correspondente, os códigos de verificação seguros ou qualquer outro sistema de verificação utilizado ."

Soluções relacionadas


Powered by Zendesk